Introdução
 Continentes
 Geografia Física
   Cartografia
   Clima
   Relevo e Geologia
   Hidrografia
   Vegetação
   Meio Ambiente
 Geografia Humana
 Geografia Econômica
 Astronomia

 Jogo das Bandeiras
 Jogo das Capitais
 Colorindo a América
 Pintando o Brasil
 A Rosa dos Ventos
 Jogo das Populações

 Exercícios Resolvidos
 Provas On-line
 Provas de Vestibular

 Laifis de Geografia
 Área dos Professores
 Guia de Bandeiras
 Hinos Nacionais
 Mapas
 Curiosidades
 Atualidades
 Dicionário
 Estados Brasileiros
 Lugares Famosos
 Continentes e Oceanos
 Indicação de Livros
 Profissão Geógrafo
 Fusos Horários
 Links Interessantes

 
Busca Geral

 

Rochas ígneas ou magmáticas

As rochas ígneas ou magmáticas são geradas no interior da Terra, no manto ou crosta terrestre e podem, de maneira geral, ser classificadas sob dois critérios: texturais e mineralógicos. Através de sua textura pode-se determinar as condições geológicas em que estas rochas se formaram. Ao saber a textura, consegue-se determinar o tamanho e a disposição dos minerais que compõem a rocha.



Quando a estabilização do magma ocorre dentro da crosta terrestre, de modo que o resfriamento seja vagaroso dando condições para que os cristais se desenvolvam consecutivamente, as rochas originadas deste processo são nomeadas rochas plutônicas. A textura deste tipo de rocha é comumente equigranular fanerítica, significando que os minerais que a compõem, possuem uma boa formação e um tamanho considerável.



Quando ocorre o extravasamento do magma na superfície, transposto do estado líquido para o gasoso num pequeno intervalo de tempo, as rochas originadas serão denominadas rochas vulcânicas ou extrusivas, cuja textura será vítrea, como consequência do pequeno espaço de tempo que impossibilita a cristalização dos minerais. Caso o início da cristalização ocorra dentro das câmaras magmáticas, os cristais serão conduzidos pelo magma até a superfície, e com a alta variação de temperatura existente entre as câmaras e a superfície, a lava se solidificará muito rapidamente e formará um tipo textura denominado de textura porfirítica. Pode ainda ocorrer um tipo de textura designado vesicular. A textura vesicular surge quando da lava são liberados gases na forma de bolhas, que depois ficam retidas pela solidificação da própria lava.



Pegmatitos são as rochas que foram geradas a partir de um magma que tem uma grande quantidade de gases e elementos voláteis. O magma nestas condições se apresenta numa forma bastante fluída e possibilitará a formação de cristais cujo tamanho chega a ser bastante elevado.



As rochas podem ser consideradas ácidas, básicas ou neutras. Isto está diretamente relacionado com o teor de silício que a rocha apresenta em sua composição. Denominamos de rochas ácidas quando os teores de silício forem superiores a 65%, existindo o desenvolvimento de silicatos e de cristais de quartzo. As rochas neutras são aquelas cujo teor de silício vai de 52 a 65%. E por fim temos as rochas básicas onde o teor de silício vai de 45 a 52%, não havendo a formação de quartzo.



Para melhor compreensão dos aspectos das rochas magmáticas, clique aqui e veja as principais características de algumas dessas rochas.


Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2007-2017 Só Geografia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.