Aspectos culturais da Região Sul (continuação)

Mitos e lendas

Um dos principais personagens do folclore brasileiro e da Região Sul é o saci. Surgiu entre tribos indígenas que ficavam na Região Sul do Brasil, por volta do século XVIII.

No sul, ele é representado como um menino moreno e com rabo que apronta peripécias na floresta. Ele utiliza uma carapuça vermelha e tem apenas uma perna. Além disso, é representado fumando cachimbo e, segundo a lenda, para capturá-lo é necessário pegar a carapuça para escondê-la.


Saci, personagem do folclore da Região Sul

Outra lenda da região é a do Boitatá, um monstro em formato de cobra. Segundo contam, ele se escondeu de um dilúvio em um buraco e por isso seus olhos ficaram maiores. Em algumas histórias, as pessoas acreditam que ele possui bolas de fogo no lugar onde ficam os olhos. Já em Santa Catarina, acreditam que ele coma os olhos dos animais que mata, e por isso tem essa visão flamejante. Durante o dia ele fica cego e enxerga apenas à noite, quando sai para caçar. Seu nome, na linguagem indígena, significa "coisa de fogo".


Representação do Boitatá

O Curupira é outro personagem difundido no folclore do sul. Ele é representado por um menino com cabelo esvoaçante que possui os pés para trás. Ele é responsável por proteger a floresta e os animais. A lenda diz ainda que ele anda montado em um porco do mato e que possui a capacidade de iludir quem o caça. Os pés virados iludem o caçador, que se perde na floresta ao tentar caçá-lo. Quem acredita na história, evita caçar bichos às sextas-feiras com lua cheia, nos domingos e nos dias santos.


Representação do Curupira, personagem do folclore da Região Sul

Negrinho do Pastoreio é uma lenda afro-cristã muito contada no final do século XIX pelos brasileiros que defendiam o fim da escravidão, e muito popular na Região Sul do Brasil. A lenda conta a história de um garoto escravo que passa por maus tratos e morre em um formigueiro. Conta a lenda que, quando as pessoas perdem algo, acendem uma vela para o Negrinho do pastoreio, acreditando que o garoto vai ajudar a achar o objeto perdido.


Representação do Negrinho do pastoreio, personagem do folclore da Região Sul

Para saber mais sobre cada uma das lendas e mitos, clique aqui.

  

Como referenciar: "Mitos e lendas da Região Sul do Brasil" em Só Geografia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2019. Consultado em 20/08/2019 às 02:11. Disponível na Internet em http://www.sogeografia.com.br/Conteudos/GeografiaFisica/Brasil/culturasul5.php