Você está em Geografia humana > População

A população e sua dinâmica espacial

A demografia é a ciência que estuda a dinâmica populacional, sua distribuição, crescimento, qualidade, etc.

A geografia utiliza esta ciência como base de análise da sociedade e do espaço que ela ocupa. Por isso, é preciso conhecermos alguns conceitos básicos, a fim de interpretar corretamente esta análise.

Populoso x povoado

População absoluta é o número total de habitantes de um país. Diz-se de uma região que ela é ou não populosa, isto é, se o número de pessoas, comparativo a outras regiões, é grande ou não.

População relativa é a relação entre o número de habitantes de uma área de referência, podendo ser uma cidade, um estado ou um país. É o mesmo que densidade demográfica, isto é, o número de habitantes por quilômetro quadrado (km²). Diz-se de uma população postada em uma determinada área se ela é ou não povoada. Por exemplo, podemos dizer que a Região Sudeste é mais povoada que a Norte, pois há mais pessoas por quilômetro quadrado na primeira do que na segunda.

Esses dois conceitos (populoso e povoado) não têm uma relação direta. Um país pode ser considerado populoso e não ser considerado povoado (é o caso do Brasil); por outro lado, um país pode ser considerado povoado, mas não populoso (Bélgica). Embora o prefixo super esteja ligado também à quantidade, superpopulação ou superpovoamento não estão ligados a números, e sim às condições socioeconômicas de uma região ou país.

Esse conceito, embora relativo, é simples de se interpretar quando pensamos se a população tem condições de viver dignamente em um país. As causas da superpopulação são várias: fome, miséria, desemprego, baixo padrão de vida, pobreza do solo, questões políticas, entre outras.


Índia - exemplo de superpopulação

Como referenciar: "Populoso x povoado" em Só Geografia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2019. Consultado em 19/01/2019 às 15:06. Disponível na Internet em http://www.sogeografia.com.br/Conteudos/GeografiaHumana/Populacao/populacao.php