Tsunami

Tsunamis ou tsunâmi são gigantescas ondas que possuem um grande volume de energia e que ocorrem nos oceanos.

Essas ondas são causadas pela movimentação das placas tectônicas localizadas abaixo dos oceanos. As placas oceânicas mais densas deslizam sob as placas continentais que são menos densas, num processo que recebe o nome de subducção.

Estes terremotos marítimos, conhecidos também como maremotos, deslocam uma grande quantidade de água, formando uma ou mais ondas (tsunamis) que podem atingir as costas dos oceanos, provocando catástrofes.

A força de um tsunami ocorre em razão de sua amplitude e velocidade. À medida que a onda se aproxima de terra, sua altura  aumenta e a velocidade diminui.

Os tsunamis podem atingir ondas de até trinta metros de altura, com forte poder de destruição. Essas grandes ondas são o resultado da ação da gravidade sobre a movimentação da massa de água.

Outros fatores que podem desencadear um tsunami são os deslizamentos de terra subaquáticos. Assim como as erupções vulcânicas, eles ocorrem no momento em que os grandes volumes de sedimentos e rochas se deslocam e se redistribuem no fundo do mar, aumentando o volume de água.

Tsunamis que ficaram na história  

DATA

MAGNITUDE

ALT. MÁXIMA

MORTES

LOCAL

02/07/1992

7.2

10 M

170

NICARÁGUA

12/12/1992

7,5

26 M

1.000

ILHA DAS FLORES/INDONÉSIA

12/07/1993

7,6

30 M

200

HOKAIDO/JAPÃO

02/06/1994

7,2

14 M

220

JAVA/INDONÉSIA

04/10/1994

8,1

11 M

11

ILHAS CURILAS

14/11/1994

7,1

7 M

70

MINDORO

21/02/1996

7,5

5 M

12

PERU

17/07/1998

7,0

15 M

2.000

NOVA GUINÉ

26/12/2004

9,0

50 M

220.000

OCEANO ÍNDICO

Veja o gráfico mostrando como se forma um tsunami

  

Como referenciar: "Tsunami" em Só Geografia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2018. Consultado em 19/11/2018 às 19:54. Disponível na Internet em http://www.sogeografia.com.br/Curiosidades/content3.php